Dois piauienses morrem em acidente com ônibus clandestino no DF

Dois piauienses estão entre as sete vítimas fatais de um acidente com um ônibus que partiu do Maranhão e tombou na BR-070, em Ceilândia, no Distrito Federal, na noite do último sábado, 21 de outubro. Outras quinze pessoas ficaram feridas.

Segundo informações da Polícia Civil do Distrito Federal, os dois piauienses foram identificados como Francisco Ferreira da Silva e Claudia Maria Moreira Marques de Sousa. Três vítimas eram naturais do Maranhão e foram identificadas como João Freire de Sousa, Maria Elete Gomes da Silva e Maria de Deus Fernandes Crateus. As outras duas vítimas fatais não tiveram suas identidades reveladas.

O proprietário da empresa de ônibus e o motorista do veículo, identificados como Alexandre Henriques Camelo e Felipe Alexandre Gonçalves Henriques, respectivamente pai e filho, foram presos pela Polícia Civil do DF sob a acusação de homicídio qualificado e lesão corporal.

Entenda o caso:

O ônibus partiu do Maranhão com 32 passageiros a bordo e, de acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), operava de forma clandestina. Em um determinado ponto da BR-070, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ordenou que o motorista parasse o veículo, constatando sua situação irregular. A recomendação dada foi que o motorista levasse o ônibus até o terminal rodoviário mais próximo, onde os passageiros desembarcariam com a escolta da PRF.

No entanto, pouco depois de iniciar esse deslocamento, o motorista acelerou o veículo, aparentemente tentando escapar da escolta. Devido aos pneus desgastados do ônibus e às condições de chuva, o motorista perdeu o controle do veículo, resultando no tombamento no canteiro central da BR."

*Com informações do GP1

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.