Suécia bate Coreia do Sul na estreia na Copa pelo Grupo F

A Suécia contou com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) para estrear com vitória na Copa do Mundo da Rússia. Nesta segunda-feira, depois de a tecnologia confirmar um pênalti, devidamente convertido pelo zagueiro Granqvist, a seleção europeia derrotou a Coreia do Sul por 1 a 0, em Nizhny Novgorod, e largou na frente com o México na disputa pelas duas vagas do grupo F às oitavas de final da competição.

O resultado positivo do time europeu, consequentemente, pressiona a Alemanha. Os atuais campeões do mundo, que perderam por 1 a 0 para os latinos no último domingo, encaram a Suécia com uma necessidade ainda maior de vitória, já que os suecos agora se colocam em uma posição confortável com o resultado positivo obtido diante dos asiáticos. Uma derrota pode até eliminar Ozil, Müller e companhia do torneio.

Agora com uma possível classificação na mira, a Suécia encara a Alemanha no próximo dia 23, às 15h (de Brasília), em Sochi, com a possibilidade até de assegurar a vaga antecipada às oitavas de final, em caso de vitória. Para este quadro se confirmar, basta o surpreendente México, no mesmo dia, a partir das 12h, derrotar a Coreia do Sul em Rostov.

Quem foi bem: Jo Hyeon-Woo

Apesar de derrotado nesta estreia na Rússia, o goleiro sul-coreano teve papel de destaque. Foram pelo menos duas excelentes defesas que impediam, até então, a derrotados asiáticos. Jo Hyeon-Woo só não conseguiu parar o pênalti convertido por Granqvist, que decidiu a partida.

Quem foi mal: Berg

Principal referência ofensiva da Suécia, Marcos Berg conseguiu se sobressair em boa parte das disputas corpo a corpo com os defensores suecos. Entretanto, como um centroavante, não poderia desperdiçar tantas chances. O lance mais emblemático que demonstra a infeliz tarde do camisa 9 ocorreu aos 20min da primeira etapa, quando, completamente livre, parou em Jo Hyeon-Woo.

Com informações da UOL

Postar um comentário

0 Comentários