Segurança nas escolas de Batalha são reforçadas após suposta ameaça de ataque

A Secretaria Municipal de Educação de Batalha (SEMED) reforçou as medidas de segurança em todas as escolas da rede municipal depois de supostas mensagens de ameaças de ataques que estão circulando nas redes sociais. "Massacre nas escolas de Batalha no dia 20 de abril", diz à mensagem que não teve seu autor identificado.

De acordo com o comunicado da secretaria, até segunda ordem, o único acesso de entrada e saída dos alunos nas escolas em todos os turnos será feito pelo portão da frente da escola. "Essa medida se faz necessária para auxiliar no controle do trânsito de pessoas no interior da escola", diz um trecho do comunicado.

A SEMED solicita ainda que as famílias continuem respeitando os horários de entrada e saída das aulas e pede para que as pessoas não entrem em pânico, sendo esse, o principal objetivo dos criminosos; causar pânico na população.

"Sabe-se que tal absurdo tem sido divulgado País afora, por indivíduos que se escondem atrás de perfis anônimos nas redes sociais a fim de promover pânico e caos no ambiente escolar", informa a Secretaria.

Por fim, a Secretaria de Educação afirmou que estão sendo tomadas todas as medidas cabíveis junto aos órgãos de segurança pública de Batalha, a fim de que a comunidade escolar não seja vítima de nenhum ataque.

Entre as ações preventivas, a SEMED pede para que:

  • Sejam conferidos o quarto e a mochila dos alunos;
  • Ficar atentos ao celular e ao computador e verificar com frequência as redes sociais e o histórico de navegação na internet deles;
  • Pais conversar com seus filhos, é de suma importância ouvi-los, a família é a porta principal para o bem-estar dos seus filhos.

"Estaremos vigilantes e ao menor sinal de suspeita denuncie", finalizou a Secretária Municipal de Educação no comunicado assinado pelo secretário Luiz Segundo Carvalho Sobrinho.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.