Funcionário suspeito de estuprar mulher em Teresina é afastado da SSP

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP/PI) afastou um funcionário terceirizado suspeito de estuprar uma mulher em Teresina. O suspeito trabalhava no setor de comunicação do órgão.

O fato teria ocorrido há alguns meses e ele só prestou depoimento à Polícia Civil do Piauí na manhã desta quarta-feira (8), data em que se celebra o Dia Internacional da Mulher.

Segundo informações, a vítima estaria alcoolizada e sem condições de reagir contra o ato. O suspeito será autuado pelo crime de estupro de vulnerável.

Por meio de nota, a SSP ressaltou que não concorda com atitudes desrespeitosas e violentas às mulheres. A Polícia Civil está investigando o caso.

Leia a nota na íntegra

A Secretaria de Segurança Pública informa que, assim que tomou conhecimento dos relatos da vítima, afastou o suposto acusado das atividades junto ao órgão. Ressaltamos que temos trabalhado para reforçar as políticas de proteção e defesa da mulher em nosso Estado e jamais corroboraríamos com condutas que se desviem desses valores, que consideramos inegociáveis. Reforçamos que estão sendo adotados todos os procedimentos legais para que, sendo comprovado crime, a Justiça possa aplicar a lei com o rigor que o caso exige.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.