Acusado de estupro contra prórpria irmã chega a Teresina após ser extraditado

Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira, de 23 anos, condenado por abusar da irmã e da prima, foi preso em no dia 17 de janeiro de 2023, em Mar Del Plata, na Argentina, após um ano de foragido. O ex-estudante de medicina capital na madrugada desta quinta-feira (9) por volta de 3h da madrugada. Marcos é condenado a 33 anos e 9 meses por crime de  estupro de vulnerável.

Após o desembarque, o conduzido ao Instituto de Medicina Legal (IML) onde passou por exame de corpo de delito e em seguida, foi encaminhado a Central de Flagrantes onde aguarda audiência de custódia que vai definir em qual presídio o condenado deve cumprir a pena. 

FOTO: POLÍCIA FEDERAL

Entenda o caso 

Em setembro de 2021, Marcos Vitor Aguiar Dantas foi denunciado por estupro a própria irmã e uma prima. A denúncia foi realizada pela mãe de uma das vitimas que afirmou que Marcos teria cometido os abusos durante 5 anos. Os episódios de estupro sempre ocorriam durante os encontros e as festas em família.

Em outubro de 2021, o ex-estudante de medicina havia fugido após o caso ter sido exposto através da imprensa. Marcos chegou a estar incluso na lista de procurados pela Interpol. A Polícia Federal permaneceu investigando o caso e em parceira com as forças de polícia da Argentina, que localizaram o condenado na cidade argentina de Mar del Plata após mais de 1 ano de foragido.

Carlos santos

Repórter e colunista no Diário de Caraíbas.