Assessores temem que Jair Bolsonaro não conclua mandato

De acordo com o colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, assessores próximos do presidente Jair Bolsonaro (PL) temem que ele não consiga concluir o mandato.

Segundo o colunista, a razão para tal acontecimento seria o estado psicológico de Bolsonaro, que, na prática, está afastado da presidência desde o dia da eleição.

“Apático” ou “depressivo”, assim o descrevem pessoas próximas ao presidente. Bolsonaro não tem feito suas tradicionais transmissões ao vivo de quinta-feira e nas últimas semanas teve poucos compromissos públicos.

Por outro lado, sua equipe e até mesmo o próprio presidente não analisaram a possibilidade de ele não concluir o mandato.

Arnaldo Silva

Diretor-geral de jornalismo, colunista e repórter de política e municípios do Diário de Caraíbas.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.