Últimas

latest

Limpeza de pele profunda: dermatologista explica a técnica para tirar cravos

A limpeza de pele é geralmente feita por quem tem a pele oleosa e mista, mas também pode ser aposta de quem tem a pele normal

terça-feira, 20 de novembro de 2018

/ por Equipe do Blog
A limpeza de pele é geralmente feita por quem tem a pele oleosa e mista (Foto: Purepeople)
A limpeza de pele profunda consiste em usar ácidos, como o salicílico e o glicólico, para remover cravos e eliminar as sujeirinhas que ficam acumuladas no rosto, além de outros produtos que melhoram a textura da pele e, de quebra, estimulam o colágeno para dar um chega pra lá nas rugas e nas linhas de expressão. É que chega um momento em que só o sabonete facial anti-oleosidade não é suficiente para limpar o rosto. Por isso, a técnica pode ser feita todo mês, e o resultado a curto prazo vai além da melhora da oleosidade. “A limpeza profunda permite uma remoção das impurezas da pele e permite tornar pele mais clara e homogênea, fina e macia”, explica a dermatologista Gabriela Correa.

Quando fazer a limpeza de pele: ‘Não para de surgir cravos’

A limpeza de pele é geralmente feita por quem tem a pele oleosa e mista, mas também pode ser aposta de quem tem a pele normal. Segundo Gabriela Correa, a dica para perceber quando a pele precisa de uma limpeza profunda é fazer o teste de toque e observar o aumento de cravos. “Quando não param de surgir cravos novos ou quando a sensação ao toque é de uma pele engordurada por conta da oleosidade ou áspera por conta das irregularidades do excesso de resíduo de poluição”, explica.

‘Ácido salicílico ajuda a remover os cravos’

Na limpeza de pele, os os produtos usados costumam ser os ácidos e ativos minerais. “O uso de ácido salicílico ajuda a amolecer e remover os cravos. O ácido glicólico ajuda na renovação celular e no estímulo de colágeno. A presença de produtos que contenham zinco, cobre, ferro, magnésio e silício ajudam a melhorar a textura e qualidade da pele”, explica Gabriella Correa. Já o uso de alore vera, também conhecida como babosa, ajuda a diminuir possíveis irritações na pele.

Como cuidar da pele após a limpeza profunda

Para quem aposta na limpeza de pele profunda, a dermatologista alerta que a pele pode ficar sensível após o procedimento. “Algumas pessoas apresentam sensibilidade a determinados produtos de limpeza e devem ser analisados previamente pelo dermatologista. Mesmo para quem não tem sensibilidade aos produtos usados, a sensibilidade é comum, já que a pele fica mais fina. “Após a limpeza, o uso de hidratantes contendo vitamina E e aloe vera podem ajudar na recuperação”, explica a especialista.

Fonte: Purepeople

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seleções do editor
© Todos os direitos reservados
Feito com por AF Design