Entenda a origem do Dia de Finados

Você já parou para pensar sobre a origem do feriado do dia 2 de novembro? Todos sabem que é o dia de Finados e que se tornou um feriado católico para prestigiar os entes queridos que já se foram. Porém, já se questionou de onde surgiu essa cultura? É uma data religiosa?

Apesar de conhecermos como um feriado católico, essa data teve origem através dos indígenas mexicanos que faziam uma comemoração pela alma dos mortos. Era um ritual iniciado em 31 de outubro e que terminava em 2 de novembro. Por alguma razão, esse período batia com datas católicas: 1 de novembro era celebrado o Dia de Todos os Santos e 2 de novembro Dia dos Fiéis Defuntos.

Juntas, estas datas passaram a ter importância em diversas partes do mundo até que a UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, a reconheceu como patrimônio da sociedade. Presente em diversas culturas, este período é celebrado de diversas formas. Escolhi alguns para os interessados que estão em casa neste feriado, vocês não visitam os parentes mortos? Deveriam. Vai que eles estejam precisando de vela...

Dia de Los Muertos

Começando pelo México, de onde surgiu. Lá, eles fazem uma comemoração de três dias. Como se fosse um festival no país, as pessoas usam fantasias de caveira colorida, fazem altares em casa para homenagear os mortos e fazem os pratos favoritos dos seus entes queridos que já se foram.

Os mexicanos comemoram a morte, pois os indígenas acreditavam que era o fim de um ciclo e que agora, quem havia morrido, poderia reencarnar e realizar seus objetivos em outra vida. A cultura local também acredita que a memória de quem partiu poderia ser refletida através das celebrações dos seus parentes, ainda vivos. Dessa forma, seria uma celebração a vida, as lembranças e ensinamentos daqueles que já se foram, e não uma lamentação, uma data triste como é seguida em outras regiões/culturas.

Halloween

Nos Estados Unidos, em 31 de outubro é comemorado o Halloween – Dia das Bruxas. Para aqueles que já aprenderam a relação das bruxas com o Dia dos Mortos é fácil entender a relação entre as datas, mas aqueles que não conhecem a origem do Halloween podem ficar um pouco confuso. Vou explicar.

A origem do Halloween – Dia das Bruxas é complexa, pois existem diversas versões. A Igreja Católica costuma colocar algumas datas juntas ou na véspera de acontecimentos importantes. Foi o que aconteceu aqui, com sua mania de comemorar as vésperas de acontecimentos importantes, passou a comemorar a véspera de Todos Os Santos depois do por do sol do dia 31 de outubro. Para fazer sentido essa versão precisa conhecer o nome em inglês desse feriado que seria “All Hallow’s Eve”, uma tradução de “véspera de Todos os Santos”. Com o passar dos anos, o termo foi encurtando até virar: Halloween.

No dia 31 de outubro a proteção entre o mundo dos mortos e dos vivos está mais fraca, permitindo que os espíritos invadam os corpos e ganhem a vida. Para evitar que isso aconteça, as pessoas passaram a usar fantasias assustadoras, evitando assim que sejam possuídas. Essa tradição segue forte até os dias atuais. Claro que hoje é apenas uma data comemorativa como o Natal, Ação de Graças, mas durantes séculos, foi considerado um dia muito temido, principalmente na Europa. A ideia que o Sal afasta espíritos do mal surgiu daqui também. 

A coisa mais assustadora que teremos neste dia é um melequento pedindo doce na sua porta, se não der, ele irá sua casa, mas isso só acontece nos Estados Unidos. No Brasil, esta data agora que começou a ganhar força e virou mais um dia para fazerem festas temáticas do que ser um feriado.

Dia de Todos Los Santos

Na Espanha, a comemoração é do Dia de Todos os Santos em 1 de novembro. Eles visitam os mortos para prestigiá-los, assim como fazem os brasileiros. Porém, a celebração é mais animada, similar ao que acontece no México, com festas e tudo muito colorido para honrar aqueles que já partiram.

O Dia de Todos os Santos é feriado nacional e é costume todas as pessoas voltarem para suas cidades natais e irem aos cemitérios, levando flores e um doce especial, chamado de Hueso de Santos (Osso dos Santos), feitos especialmente para comer de sobremesa junto aos mortos.

Dia de Finados

Aqui no Brasil comemoramos o Dia de Finados. Infelizmente, a nossa cultura não é tão feliz como em outros povos. Aqui é uma data mais calma e até sombria. É um dia em que as pessoas usam para refletir sobre a vida, homenagear os entes queridos com flores e até limpeza dos túmulos.

As grandes metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro não percebem muito o reflexo desta data, mas é no interior de estados, principalmente regiões norte e nordeste, que você percebe muitas pessoas usando preto em forma de luto e diversas missas são realizadas como forma de honrar os parentes e amigos que morreram.

Tradicionalmente, o clima nesta data até é mais frio, nebuloso, e costuma chover em diversas regiões do país. Menos aqui em Teresina que fique bem claro. Isso faz com que as pessoas fiquem mais perto de seus familiares em busca de conforto, porém no nosso caso, o conforto que almejamos no dia dos finados é um ar condicionado, pois nesta data estamos no ápice do da época mais quente do ano.

Fonte: Pikachu Sama