[ListLayout]
×

Empresa da calote em mais de 400 batalhenses

A exemplo de outras empresas, em municípios vizinhos, agora centenas de batalhenses tiveram prejuízos, com calote dado pelo golpe da pirâmide.

Na manhã desta segunda-feira (03), os empresários da Eletro Moto Shows, fecharam as portas da empresa, segundo informações a empresa deu calote em mais de 400 consorciados na cidade de Batalha.


Por volta do meio dia de hoje (05/11), em torno 30 pessoas lesadas, compareceram, na sede do Ministério Público, a fim de buscarem uma solução para este problema.


O promotor de justiça, Dr. Antonio Charles de Almeida, pediu que os lesionados reunissem toda documentação necessária, para mover uma Ação Civil Público e instaurar inquérito Policial. De acordo com Dr. Charles, os clientes poderão optar em contratar um advogado particular.


Esse é um sistema de golpe antigo, chamado “pirâmide”. No começo a base (clientes) é grande (no formato de uma pirâmide), mas no final, com a saída dos sorteados, o topo inverte, ficando pequeno (no formato de uma pirâmide invertida, de cabeça para baixo).


Assim, passados alguns meses, o negócio chega à falência, fechando suas portas por impossibilidade de cumprir os contratos, deixando os clientes a ver navios.


Por Ricardo Nunes

Comentários