[ListLayout]
×

Ministério Público denuncia homem que mordeu policial em Batalha (PI)

A Promotoria de Justiça da Comarca de Batalha, na pessoa do promotor Antônio Charles Ribeiro de Almeida, denunciou, no último dia 23, um homem que supostamente teria desacatado três policias e agredido um dos PMs com mordidas. Conforme a promotoria, JÚLIO SOUSA SILVA, de 29 anos à época dos fatos, vai responder a processo por ofensas proferidas contra os Militares, Art. 129 – Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e desacatar funcionário público no exercício da função Art. 331 – Pena – detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.

De acordo com a denúncia, no dia 15 de janeiro de 2011, por volta das 9 horas, no Bar do Sr. Antônio José, na área urbana da cidade de Batalha, Júlio Sousa desacatou os militares Raimundo da Costa Lima, Jardel da Silva Lustosa e José Antônio Pereira, proferindo diversos xingamentos, injúrias e palavrões contra os PMs, que estavam fazendo seu serviço.

O Ministério Público acusa ainda Júlio Sousa de morder o polegar esquerdo do policial Jardel da Silva Lustosa, causando lesões corporais de natureza leve descritas no auto de exame de corpo de delito(fls.21).

Na ocasião dos fatos, a autoridade policial fazia diligências no sentido de prender o irmão do denunciado, que se envolvera em uma briga. Júlio Sousa e Silva, que se encontrava ingerindo bebida alcoólica, resolveu interferir na atividade policial, proferindo diversos xingamentos, empurrando os militares, na tentativa de impedir a prisão do irmão. Não satisfeito, ao ser contido pelo uso da força, o acusado mordeu o militar.

Como não foi possível citá-lo pessoalmente, por se encontrar em local incerto e não sabido, a juíza Lidiane Suely Marques Batista mandou citá-lo por edital para responder à acusação no prazo de 10 (dez) dias. A citação foi publicado no Diário de Justiça desta quinta-feira, 02 de outubro de 2014.

Logo abaixo cópia da denúncia!!!

Fonte: Folha de Batalha

Comentários