Em visita a Batalha, Cônsul Japonês se encontra com prefeitos e piscicultores da região

O Cônsul Geral do Japão em Belém, Rei Oiwa, visitou o município de Batalha na ultima quinta-feira, 22 de maio. Na oportunidade o mesmo reuniu-se com os piscicultores dos municípios de Batalha, Joaquim Pires, Esperantina e Madeiro. 

Vale ressaltar que na noite anterior o Diplomata foi recebido pela Prefeita de Batalha, senhora Teresinha Alves em seu gabinete onde ouvia da mesma os detalhes sobre o projeto que a prefeitura almeja implantar na região. No dia seguinte, Rei Oiwa teve encontro com os criadores de peixes e outras autoridades no Hotel Bela Vista. 

Participaram também da conversa com os piscicultores o senhor Helder Freitas - Gerente Regional do SEBRAE/PI em Piripiri, Seiji Nakayama - Diretor Presidente do Centro Piauiense de Cultura Japonesa, Patrócolo Silveira, presidente da APIBA - Associação dos Piscicultores de Batalha, o médico Antonio Lages que representou a prefeita de Batalha no evento e o prefeito do município de Madeiro, Zé Neto. 

Após o encontro o Cônsul visitou alguns criatórios de peixes na zona rural de Esperantina e Batalha, dentre os quais, os tanques do piscicultor conhecido como Chico Tampa na zona rural de Esperantina e do piscicultor conhecido como Dila na zona rural de Batalha.

O Governo do Japão oferece um programa de assistência econômica para projetos de desenvolvimento concebidos para atender as diversas necessidades dos países em desenvolvimento. Conhecido como "Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana (APC)", este programa oferece apoio a projetos propostos por vários organismos, tais como organizações não governamentais (ONGs), e governos locais, entidades sem fins lucrativas.

Com essa possibilidade de ajudar os municípios com a execução de ações que promova o desenvolvimento social, no dia 30 de abril de 2014 o Centro Piauiense de Cultura Japonesa e a Associação dos Piscicultores de Batalha entregaram ao consulado do Japão em Belém um Projeto para a Implantação de uma Unidade de Beneficiamento de Peixe na Região do Baixo Parnaíba Piauiense, que será instalado no município de Batalha.

O Projeto, quando aprovado e implantado, vai beneficiar piscicultores de vinte municípios da região do Baixo Parnaíba Piauiense. A previsão é de a Unidade irá processar até cinco mil quilos de peixe por dia. Com valor agregado, o pescado ganhará mais mercado e terá um preço melhor para negociação. A Unidade, quando montada, terá todos os equipamentos necessários para o beneficiamento do peixe, poço tubular, energia elétrica e capacitações.

O Projeto, orçado em R$ 500.451,22 (Quinhentos Mil Reais) terá a contrapartida financeira não reembolsável do Governo Japonês, da APIBA e da Prefeitura Municipal de Batalha, que fez a doação do terreno para construção da Unidade.

Após receber o projeto o Rei Oiwa, Cônsul Geral do Japão em Belém, veio conhecer in loco a realidade dos piscicultores nesta região. 

Segundo o consulado o governo do Japão recebe mais solicitação do que pode atender. Por isso, os fundos são fornecidos apenas àqueles projetos que, após exame e avaliação detalhados, se mostrarem mais viáveis e relevantes. Ao receber a solicitação e os documentos relacionados, a missão diplomática ou consular adotará os seguintes procedimentos: Exame do projeto, Visita ao local do projeto, Contrato de Assistência, A entrega dos fundos, Implementação do Projeto, Alterações no planejamento original, Relatórios e Auditoria.

Bastante satisfeito com a presença do cônsul do Japão, o gerente Regional do SEBRAE/PI, Helder Freitas, disse que agora é esperar a decisão do Governo Japonês sobre a liberação dos recursos para a compra dos equipamentos da Unidade. 

“Estou muito feliz pelo momento. Para elaboração do Projeto, o Escritório Regional do SEBRAE/PI em Piripiri tivemos muitos parceiros como Patrocollo Silveira, Seiji Nakayama, CPCJ e Prefeitura Municipal de Batalha”, falou Helder. 

Já o Prefeito do município de Madeiro, Zé Neto, disse “a implantação desta Unidade de Beneficiamento vai dar um impulso muito grande na atividade da piscicultura nesta região”, assegurou o mesmo.

Para o representante da Prefeitura de Batalha, Dr. Antonio Lages, “A atividade da piscicultura é o setor que mais cresce no momento e os piscicultores já se deparam com uma forte concorrência na comercialização do produto e com a implantação desta unidade eles vão ter pra quem vender o peixe”, disse Lages.

Perguntado pelo Cônsul Rei Oiwa, se a Implantação da Unidade de fato seria benéfica nesta região, o piscicultor de Esperantina senhor João da Emel disse: “Se essa unidade já tivesse sido implantada há dois anos nosso negócio na área de criação de peixe estaria muito melhor e não tomávamos tanto prejuízo”, disse o piscicultor.

No final de sua visita o Cônsul Rei Oiwa, falou que agora vai fazer seu relatório sobre o que constatou nessa sua visita ao município de Batalha e depois vai repassar para o governo japonês, que tomará a decisão sobre a possibilidade de investimento na área da piscicultura nesta região. Sobre os recursos, esse dinheiro que o seu país repassa para a execução em projetos sociais é proveniente de impostos do povo japonês, garantiu o diplomata.

Assessoria de Comunicação - PMB

Comentários