“The Walking Pet”: jogo incentiva a adoção de animais abandonados

O jogo foi inspirado na série The Walking Dead e mostra informações de animais reais em abrigos próximos e que precisam de ajuda ou adoção

Um designer de games de Nova Venécia, no Espírito Santo, teve a ideia de criar um jogo para estimular a adoção de animais, além de combater os maus-tratos. O projeto foi inspirado na série The Walking Dead. Nele, o jogador precisa lutar contra zumbis para salvar os pets em perigos.

Animais reais são apresentados

O jogo “The Walking Pet” traz a seguinte mensagem inicial: “Para um animal abandonado, o mundo já é um apocalipse zumbi”.

Entre uma fase e outra, o game traz animais abandonados a fim de estimular a adoção de pets ou contribuir para a manutenção dos abrigos onde eles estão, bem perto de onde o jogador está. Ao resgatar o animalzinho, o jogo vai acessar um banco de dad

Todos os abrigos, bem como grupos de protetores e empresas voltadas ao bem-estar animal, estarão registrados no website do game. Desta forma, o jogador terá a possibilidade de consultar o nome, a idade e as características dos animais, além do abrigo onde o pet está localizado.

Caso queira, o jogador também terá a opção de adotar, apadrinhar ou até mesmo mandar recursos ao lar do bichinho.

Os zumbis representados no jogo são todos inspirados em pessoas reais e em situações de maus-tratos aos animais. Um deles é “Pedrinho Botija”, que acelera o carro do gás quando vê um animal atravessando a rua; outro é “Dona Celma”, que finge que está varrendo a calçada só para bater nos animaizinhos com a vassoura; já o “Maurício Chumbinho” joga comida envenenada aos animais.

Jogo conta com banco de dados com animais reais disponíveis para adoção (Imagem: reprodução/The Walking Pet)

O jogo

“The Walking Pet” foi desenvolvido pelo designer Leonardo Zamprogno em conjunto com o programador Victor Hugo Abreu e o ilustrador Mike Zairos Pífano.

O projeto foi idealizado há cerca de 10 anos, mas só começou a ser colocado em prática após ser aprovado com no edital do Fundo de Cultura do Estado do Espírito Santo (Funcultura), da Secretaria de Cultura (Secult).

O lançamento oficial está previsto para outubro de 2024.

Depois disso, o jogo estará disponível nas lojas de aplicativos para ser baixado gratuitamente no celular.

Os abrigos, grupos e empresas dispostas em fazer parte do jogo podem realizar um cadastro no site thewalkingpet.com.br.

Quem estiver interessado em mais informações do projeto, basta seguir o perfil do “The Walking Pet” nas redes sociais.

Com informações do G1.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.