Dezembro Vermelho alerta para aumento de casos de Aids em jovens no Piauí

Nesta sexta-feira (1º), Dia Mundial de Luta contra a Aids, a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) dá início à programação Dezembro Vermelho, mês de mobilização e luta contra o HIV, a Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

A campanha discute o cenário do HIV/Aids no estado e divulga informações de prevenção, diagnóstico e tratamento. Em 2023, a ação será voltada prioritariamente ao público jovem, tendo em vista a alta de casos entre essa população.

Considerando os dados epidemiológicos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), o Piauí registrou 3.279 de casos de Aids em adultos entre 2015 e 2023. Desse total, 49% eram pessoas com idade entre 20 e 34 anos, dos quais 74% eram homens.

Neste sentido, Karina Amorim, coordenadora de ISTs da Sesapi, ressalta a importância de debater o assunto. “É necessário discutir junto à sociedade a situação do HIV/Aids e divulgar informações de prevenção, diagnóstico e tratamento”, frisou.

O Dezembro Vermelho, campanha instituída pela Lei nº 13.504/2017, marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids e outras ISTs, chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. Durante todo o mês de campanha, será intensificada a transmissão de informações sobre o HIV/Aids e a realização de testes rápidos no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de todos os municípios.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.