Retorno das aulas presenciais em Batalha aconteceu nesta terça-feira (02)


O retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino de Batalha aconteceu nesta terça-feira (02). As aulas foram suspensas após um decreto assinado pelo prefeito José Luiz Alves Machado (Progressistas), no dia 03 de abril, devido às fortes chuvas no município.

No entanto, um dia após a suspensão das atividades escolares, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED), por meio de uma Normativa Circular assinada pelo secretário Luiz Segundo de Carvalho Sobrinho, deu retorno às aulas, mas no formato remoto até o fim do decreto.

No dia 13 de abril, com o período chuvoso ainda provocando vários transtornos em várias regiões do município, o prefeito Zé Luiz do Frango (como também é conhecido) assinou um decreto prorrogando a suspensão das atividades presenciais da rede municipal de ensino. A Normativa Circular também foi prorrogada e as aulas seguiram remotas até este último sábado (29).

Já nesta terça-feira (02), após o feriado do Dia do Trabalhador, as aulas retornaram ao formato tradicional. Mas com um novo desafio, abordar temas relacionados à paz e segurança nas escolas, após uma onda de ameaças e ataques a escolas em várias cidades do Brasil.

O retorno foi marcado com atividades lúdicas e educativas relacionadas à paz e à segurança no ambiente escolar. Durante a ação, houve palestras, caminhadas e entre outras atividades voltadas para o tema.

“A equipe multiprofissional acompanhou o comandante do GPM em algumas escolas para que os alunos tivessem contatos diretos com os PMs e comecem a entender o papel principal da Polícia Militar na sociedade”, destacou o subsecretário de Educação, professor Nonato Silva.

Nonato afirmou ainda que o trabalho é acompanhado por assistentes sociais, psicólogas, psicopedagogas e assistentes administrativos da equipe multiprofissional da SEMED.

“As crianças e os jovens ficaram atentos para as mensagens repassadas pelos policiais e pela equipe. Os gestores escolares e demais funcionários deram apoio integral às atividades”, afirmou Nonato Silva.