Túmulo de Lázaro Barbosa é violado em Goiás

O túmulo de Lázaro Barbosa, que passou 20 dias fugindo da polícia depois de ter matado uma família no Distrito Federal em junho de 2021, foi violado em Cocalzinho de Goiás, no noroeste do estado, nesta quarta-feira (15). As informações são do G1.

Inicialmente, a polícia suspeitou que tivessem levado o crânio durante a violação, mas após perícia viu-se que o corpo estava intacto.

De acordo com o delegado Rafhael Barboza, a violação do túmulo foi denunciada à polícia pelo coveiro do cemitério local.

A polícia não divulgou se o crime foi realizado por uma única pessoa ou por um grupo de pessoas.


Arnaldo Silva

Diretor-geral de jornalismo, colunista e repórter de política e municípios do Diário de Caraíbas.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.