Árbitro é agredido e tem punho quebrado durante jogo no Piauí

Um árbitro de futebol identificado como Júlio Araújo foi agredido após um jogo pela segunda rodada da IV Copa Chutaço de Futebol de 7 no domingo (5), no povoado de Boa Viagem, zona rural de Francisco Santos, no Piauí.

Segundo informações, um jogador teria ficado inconformado com a decisão do árbitro e praticou a agressão. Júlio chegou a cair no chão e foi golpeado com um chute que acabou ocasionando fratura no punho.

Em nota, a Federação de Árbitros de Picos (FAPI) lamentou o ocorrido e afirmou que o esporte é um instrumento de inclusão e interação social, onde o respeito, a tolerância e a educação são seus pilares e que nada justifica um ato de agressão.

Confira a nota na íntegra

A FAPI, vem a público se manifestar sobre a agressão ocorrida no último final de semana, dia 05/03, na IV Copa Chutaço de Futebol de 7, no PV Boa Viajem KM87 em Francisco Santos PI.

É com grande sentimento de tristeza que presenciamos, a agressão ao arbitro Júlio Araújo.

Precisamos lembrar que o esporte é um instrumento de inclusão e interação social, onde o respeito, a tolerância e a educação são seus pilares. Nada justifica um ato de agressão!

Só quem atua na arbitragem sabe dos desafios encontrados em cada partida de futebol. São ofensas e ameaças de todos os tipos, e neste último domingo além das ofensas e ameaças proferidas, ocorreu a agressão física.

A importância de árbitros e árbitras em competições esportivas é fundamental, que dispõem de seus tempos, muitas vezes deixando de conviver com seus familiares, para colaborar com o sucesso dos eventos.

Atitudes covardes como essa não podem passar em branco e envergonham o nosso esporte.

Cremos que um dia o respeito, a tolerância e a educação irão se sobressair, e que fatos como este não existirão mais.

Nos solidarizamos com o árbitro Júlio Araújo e seus familiares, desejando força e coragem para superar o ocorrido.