Lula é denunciado ao TSE por propaganda antecipada em Teresina

Nesta quinta-feira (05), o candidato a presidente da República, Felipe d'Ávila (Partido Novo), ingressou com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contra o ex-presidente e também candidato à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por propaganda eleitoral antecipada durante o evento que aconteceu na última quarta-feira (03) em Teresina.

Segundo Felipe d'Ávila, Lula teria feito pedido expresso de voto, o que é vedado pela legislação eleitoral antes do início da campanha eleitoral marcada para o dia 16 de agosto. A ação foi distribuída para a ministra  Cármen Lúcia.

Os advogados de d'Ávila apontam na denúncia que a fala do ex-presidente vem sendo replicada nas redes sociais pedindo aplicação de multa no valor de R$ 25 mil ao petista.

Arnaldo Silva

Acadêmico de Jornalismo na Universidade Federal do Piauí. É Diretor-geral de jornalismo, repórter de política e municípios do Diário de Caraíbas.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.