Rússia alerta para risco de uma 3ª Guerra Mundial pela Ucrânia

Nesta segunda-feira (25), a Rússia alertou para o risco real de uma Terceira Guerra Mundial, depois que autoridades do alto escalão americano visitaram a Ucrânia e garantiram que é possível ganhar o conflito com o "equipamento adequado".

Devido às sanções sem precedentes contra Moscou impostas pelos países ocidentais e o crescente apoio militar à Ucrânia, o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, alertou que "o perigo (de uma guerra mundial) é grave, é real, não pode ser subestimado".

Lavrov também acusou o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, de "fingir" negociar. "É um bom ator, mas se olhar com atenção e ler com cuidado o que ele diz, serão encontradas milhares de contradições", afirmou.

"A boa vontade tem limites, mas se não for recíproca, não contribui para o processo de negociações. Mas seguimos mantendo negociações com a equipe enviada por Zelensky", continuou Lavrov.

Desde o início da guerra, há mais de dois meses, Zelensky pede incessantemente aos aliados ocidentais o envio de armamento mais pesado para fazer frente à teórica superioridade militar da Rússia.

E os pedidos parecem fazer efeito. Vários países da Otan se comprometeram nos últimos dias a fornecer armas pesadas e equipamentos para a Ucrânia, apesar dos protestos de Moscou.

*As informações são do G1

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.