Queda de viga em São Paulo, mata trabalhador piripiriense

O operário piripiriense Juraci Cunha da Silva, 27 anos, foi vítima de um acidente em uma obra no estado de São Paulo, onde morava há mais de 5 anos. Ele falava em participar dos festejos do povoado, o qual esteve visitando em meados do ano passado, 2013.

Três operários trabalhavam no alto do pilar, no ajuste de uma viga de aproximadamente 50 toneladas, na obra do monotrilho. O Corpo de Bombeiros informou que, quando a viga cedeu, Juraci acabou prensado e arrastado por ela, morrendo na hora. Os outros dois operários foram feridos sem gravidade. Um deles chegou a ficar pendurado até a chegada do resgate.

“Normalmente nessas grandes obras, os procedimentos de segurança são cumpridos. É evidente que deve ter acontecido alguma falha. Essa falha quem vai determinar será a policia técnica científica", explica Jair Paca de Lima, coordenador da Defesa Civil.


"Ele era solteiro, não bebia. Fazia planos e, de repente, perder ele, de uma hora para outra", conta o irmão, Antônio Sabino, que trabalha em São Paulo e acompanhou o resgate do corpo.

O Metrô informou que lamenta o ocorrido e exigiu do Consórcio Monotrilho Integração, responsável pela construção das vias, uma rápida apuração sobre as causas da ocorrência. O consórcio é formado pelas empresas Andrade Gutierrez, CR Almeida, Scomi Engineering e MPE Montagens e Projetos Especiais.

Em nota, o Consórcio Monotrilho Integração lamentou a morte do operário Juraci Cunha dos Santos. O consórcio ainda informou prestará todo o suporte necessário à família da vítima.

Vídeo mostra operário piripiriense pendurado em viga do monotrilho

Fonte: Piripiri40graus.com

Comentários