UFPI divulga edital com 30 vagas para Curso de Letras-Libras

Oportunidade de formação superior específica na área de Licenciatura em Língua Brasileira de Sinais, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) oferta 30 vagas para ingresso no Curso de Letras-Libras no semestre letivo 2022.2. O edital que já se encontra disponível segue com inscrições abertas até o dia 22 de agosto. Para participar, basta acessar a página da Coordenadoria Permantente de Seleção (COPESE).

Mais da metade das vagas são reservadas para pessoas surdas, enquanto que 6 para ampla concorrência e 8 destinadas às ações afirmativas. 

Segundo o Coordenador do Curso de Letras-Libras, Emanoel Barbosa de Sousa, dedicar mais de 50% das vagas para pessoas com surdez é uma proposta de acessibilizar o ingresso, considerando características presentes na comunidade. “Tal seletivo constitui uma política importante na instituição quando pensamos no processo de inclusão de pessoas com necessidades especiais no ambiente universitário”, afirmou.

ACESSE AQUI O EDITAL

Atualmente, o Curso de Libras da UFPI conta com quinze docentes, sendo dois provisórios, distribuídos nas áreas de Libras, Linguística, Literatura, Tradução, Estudos surdos, dentre outras. A graduação ainda dispõe de nove nove profissionais Tradutores/Intérpretes de Língua de Sinais, um técnico em multimídia e um técnico administrativo.

“As atividades do curso ocorrem em um bloco destinado ao curso que possui além das salas de aula, gabinetes de professores e sala de intérpretes, um laboratório de multimídia equipado para a realização de gravação e edição de vídeos”, explicou o professor Emanoel.

Criado no ano de 2014 e com vestibular anual, a licenciatura apresenta como característica o incentivo ao acesso de pessoas surdas no ensino superior e a possibilidade dos alunos ouvintes terem contato direto com falantes nativos da Libras. Os estudantes também têm a oportunidade de desenvolver não apenas habilidades linguísticas, mas também conhecer as dificuldades enfrentadas diariamente por surdos, além de serem inseridos na cultura da comunidade surda local.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.