Anitta quebra próprio recorde e alcança 2º lugar do mundo com “Envolver”

Anitta, 28, quebrou seu próprio recorde, mais uma vez, nesta quinta-feira (24). Agora, a cantora ocupa o 2º lugar na parada diária do Spotify, que lista as músicas mais ouvidas no mundo.

A canção "Envolver" aparece atrás apenas de "Heat Waves" (Glass Animals), tendo ultrapassado as músicas "Stay" (Kid Laroi e Justin Bieber) e "Enemy" (Imagine Dragons) entre esta quarta (23) e quinta-feira.

Desta forma, Anitta é a mulher mais ouvida do ranking, à frente de nomes como Dua Lipa, Adele, Camila Cabello, Olivia Rodrigo, Ariana Grande, Demi Lovato e Rosalía. É a primeira vez que uma brasileira (ou brasileiro) chega a essa posição na parada.

"Envolver" também aparece em primeiro lugar no Brasil e no Top 10 de Bolívia, Equador, México, Panamá, Paraguai, Peru e República Dominicana.

"Envolver" foi lançada em novembro de 2021, mas começou a fazer história no último dia 18 de março, quando apareceu na posição 17 do Top 50 Global. Até então, o maior sucesso de Anitta na plataforma era o hit "Vai Malandra", que alcançou o 18º lugar.

Depois disso, a música continuou ganhando tração, subindo para a 9ª posição no sábado (19), para a 7ª posição no domingo (20) e entrando oficialmente no Top 5 na terça-feira (22). Os feitos têm sido comemorados pela cantora e pelos fãs nas redes sociais, e a coreografia mostrada no clipe da música virou um "challenge" global no TikTok (o 10º mais popular da plataforma atualmente), com pessoas tentando reproduzir os passos.

Anitta assina a composição da faixa ao lado de Julio M Gonzales Tavarez, Freddy Montalvoe e José Carlos Cruz. Ela também dirigiu o clipe da música, que contou com a produção de Harold Jimenez, colaborador frequente de Maluma e J Balvin.

A canção deverá integrar o novo disco da artista, "Girl From Rio", a ser lançado neste ano. Anitta sempre disse ter vontade de expandir o funk a nível mundial e, por isso, optou por explorar diferentes ritmos brasileiros neste novo trabalho, mas com todas as letras em inglês e partes em espanhol.

*SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que citada a fonte.