Milho como lanche escolar?

Imagem compartilhada pela funcionária
Há poucos dias atrás através de uma rede social uma funcionária de uma escola da rede municipal, que não quis se identificar com medo de perseguições, fez uma denuncia anônima onde a mesma relata que o cardápio do dia na escola em que ela trabalha, era milho, onde o mesmo já se encontrava duro, próprio para o consumo de animais e não de crianças.

Recebemos informações de que o envio do milho para as escolas não foi comunicado ao Prefeito, e que essa ordem veio apenas do Secretário de Educação.

A redação do DiáriodeCaraíbas foi até a escola da nossa comunidade para termos mais informações sobre os milhos que foram entregue nas escolas, e fomos informados de que os mesmo eram pra ser feito como um complemento e que não eram para ser servidos exclusivamente como lanche. E que ainda encontravam-se em condições para o consumo humano.

Ao contrário da administração passada, a nova administração vem se preocupando com lanches de boa qualidade para nossos alunos como você pode observa nas imagens abaixo.

Arnaldo Silva

Acadêmico de Jornalismo na Universidade Federal do Piauí. É Diretor-geral de jornalismo, repórter de política e municípios do Diário de Caraíbas.

Postar um comentário

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que citada a fonte.