Mirim Cidadão abre inscrições para 50 crianças em Batalha

A Secretaria de Segurança e a prefeitura de Batalha assinaram no último sábado (27) o termo de cooperação que instala o Mirim Cidadão. Pelo menos 50 crianças em situação de vulnerabilidade social serão atendidas pelas equipes multidisciplinares do projeto.

A dona de casa, Francisca Aragão, levou o filho Gabriel, 8 anos, para a solenidade. A família vive em um bairro onde é grande a probabilidade de envolvimento com drogas lícitas e ilícitas. Ela vê no Mirim Cidadão o apoio que precisa para criar uma rede de proteção infanto-juvenil. “Há pouco tempo tiraram a vida de uma criança de 12 anos e já envolvida com drogas. Eu não quero ver meu filho em um caminho desses e acho que trazer ele para cá é a melhor opção”, afirmou.
Francisca Aragão e Gabriel
“No CRAS (Centro de Atendimento Psicossocial) vemos que as drogas estão agravando ainda mais esta situação. Então um projeto como este colabora muito positivamente com estas crianças e adolescentes em vulnerabilidade social”, disse Nara Lustosa, Assistente Social.

Após assinatura do termo de compromisso o Secretário Fábio Abreu e o prefeito João Messias afirmaram que esta parceria será ampla e que todos os esforços serão feitos para atender a demanda.

“Nossa cidade estava precisando deste projeto e enquanto prefeito vamos apoiar através das secretarias de Educação, Saúde e da Assistência Social junto com os técnicos da Secretaria de Segurança para que nossas crianças e adolescentes saibam dizer não às drogas e à criminalidade”, discursou o prefeito João Messias.

“Atendendo a criança indiretamente também acolhemos a família. O Mirim Cidadão é um projeto colaborativo e não o responsável por assumir esta criança. Isto é papel da família e por isso é tão importante seu envolvimento. É um projeto que estamos expandindo para o interior do Estado onde temos a meta de atender 8 mil crianças e adolescentes de 7 a 17 anos a partir de agosto”, destacou Fábio Abreu. “Até junho teremos 16 municípios visitados e seus educadores sociais formados para que no primeiro final de semana de agosto iniciem as atividades. Estaremos em sete Territórios, além do Entre Rios, atendendo 3 mil crianças a mais nesta etapa”, informou a Capitã Enyra Oliveira, coordenador do Núcleo de Políticas Preventivas da SSP-PI.

Após a solenidade os educadores sociais do município receberam capacitação em diversas áreas, desde o lúdico à prevenção às drogas. Participaram ainda da assinatura do termo de cooperação técnica o presidente da Câmara Municipal, vereador Clayson Amaral, os secretários de Assistência Social, Pauline Neves, Educação, Antônio Soares, chefe de gabinete do prefeito, Luis Segundo, Pedrinho Oliveira, presidente do STTR de Batalha, Sargento Marcos Vale, comandante do GPM, Perpétua Barbosa, coordenadora do Mirim Cidadão no município, além de outros representantes da sociedade, professores e assistentes sociais.

As inscrições para o Mirim Cidadão em Batalha acontecem no próximo dia 9 de junho a partir das 8h na Unida Escolar Maria Melo.
© 2013-2021 Diário de Caraíbas - Todos os direitos reservados.