Agentes encontram pistola feita com palitos de picolé na penitenciária de Esperantina

Agentes penitenciários enconttraram uma pistola produzida inteiramente com palitos de picolé durante vistoria na penitenciária de Esperantina. De acordo com Cleiton Holanda, vice-presidente do Sinpoljuspi, a arma falsa seria usada para ameaçar agentes em uma possível tentativa de fuga.

"Não é primeira vez que eles fazem algo assim. Ali estava faltando só pintar ela de preto que já provocaria um estrago sem tamanho", afirmou o vice-presidente.

Com informações do CidadeVerde
© 2013-2021 Diário de Caraíbas - Todos os direitos reservados.