[ListLayout]
×

40 Anos! Biblioteca vive em silêncio e desatualizada

Fundada há 40 anos, em 1977, na gestão do então prefeito Humberto Lopes Tabatinga, a única Biblioteca Municipal de Batalha, vive em silêncio total por falta de frequentadores. Com um acervo bem antigo, o número de leitores, pesquisadores caiu drasticamente ao longo dos anos. A coordenação da Biblioteca, Roseane Maria Moraes Araújo, argumenta que em tempos de avançadas tecnologias, principalmente de comunicação, o hábito da leitura em espaços específicos tem perdido cada vez mais espaço na vida das pessoas, prova disso está no livro de assinatura da biblioteca municipal, onde segundo a diretora, que trabalha para o município desde 1981, o número de leitores só vem diminuindo.

“É altíssima, a baixa de frequência na biblioteca municipal. Não sei, se é por causa da tecnologia ou se são os professores e os pais que não estão incentivando, pois antes era uma média de frequência bem mais elevada”, conta ela.

O portal de notícias Agorabatalha, percebeu que o acervo é bem limitado, e não tem livros atualizados, a biblioteca não dispõe também de computadores com acesso a internet. O local funciona de 8hs às 11:30 e de 14hs às 16hs. “Grande parte do dia o ambiente permanece em silencio, mas não é porque tem gente lendo, é devido à falta de leitores. “É uma pena que a leitura vem deixando de ser dos principais prazeres da população”, lamenta.

Roseane Maria, lembrou que a última vez que chegou livros novos na biblioteca, faz cera de dez anos. “Foi uma aquisição feita pelo então Secretário municipal de cultura, professor Genival Machado”, salienta. 

Naquela época o prefeito Humberto Lopes Tabatinga, construiu o espaço com recursos próprios do FPM.

Fonte: AgoraBatalha

Comentários