Dom Inocêncio López Santamaria pode se tornar primeiro santo do Piauí

O Piauí poderá ter o seu primeiro Santo Católico. Nesta quarta-feira (21), será instalado o Tribunal Eclesiático para a Causa de Beatificação e Canonização de Dom Inocêncio López Santamaria que foi o terceiro bispo prelado da então Prelazia de Bom Jesus do Gurgueia, atualmente Diocese de São Raimundo Nonato.

De acordo com o padre Herculano Negreiros, da Ordem Mercedária, a beatificação e canonização do bispo será um reconhecimento à sua vida de santidade e entrega à evangelização, em sua missão na Europa, e posteriormente no Piauí.  

Dom Inocêncio López Santamaria nasceu na aldeia de Sotovellanos, na província de Burgos, comarca de Odra-Pisuerga, na Espanha, no dia 28 de dezembro no ano de 1874. O religioso ingressou na Ordem das Mercês no Convento de Conjo, em Santiago de Compostela. Com a renúncia do bispo prelado de Bom Jesus do Gurgueia, Dom Ramón Harrison Abello, foi escolhido o Padre Inocêncio López Santamaria para sucedê-lo. Ele foi sagrado em Poio, Pontevedra, como bispo prelado no dia 31 de agosto de 1930, festa do mártir mercedário, São Raimundo Nonato, de quem era muito devoto. Dom Inocêncio chegou ao Brasil, através do estado do Rio de Janeiro no dia 5 de janeiro de 1931. O religioso chegou a São Raimundo Nonato, no dia 18 de janeiro do mesmo ano e tomou posse no dia 22.

O bispo tinha uma preocupação com o trabalho das religiosas como complemento na educação moral e cívica do povo. A caninonização de bispo Dom Inocêncio foi celebrada, através de carta, pelo Frei José Maria Mohamed Junior, vice-postulador, da Ordem Mercedária.

“Ao recordar todos os santos e santas de nossa Ordem, queremos, irmãos mercedários, agradecer a Deus o dom da vida de um religioso mercedário como nós, que, nos consagramos, para que a alegria do mistério redentor de Jesus se fizesse presente na história da humanidade. É do conhecimento de muitos de vós a vida de Dom Inocêncio López Santamaria, religioso mercedário, que dedicou sua vida em favor dos cativos, de modo especial no serviço a toda a Ordem, bem como, sendo Bispo Prelado no sul do Piauí”, disse. “Damos graças a Deus pela vida de seus santos e celebramos a riqueza da vida de um homem, pastor com cheiro de ovelhas”, acrescentou.

*PortalAZ
© 2013-2021 Diário de Caraíbas - Todos os direitos reservados.