Desabrigadas após incêndio, familias da Vila França relatam em entrevista seu maior sonho

Duas casas pegaram fogo por completo na Vila França e duas famílias ficaram desabrigadas em setembro de 2014. Os casais Francisco das Chagas Hilário (52 anos) e Francisca das Chagas Carvalho e Silva (43 anos), Homero Carvalho Hilário (21 anos) e Maria Larissa (19 anos) perderam tudo, moveis, eletrodomésticos e roupas. Por muito pouco ambos também não perderam suas vidas. "Foi muito rápido, só deu tempo de salvarmos nosso filho de um ano, estamos só com a roupa do corpo" falou desesperado Homero a nossa equipe horas depois do incêndio.

Ambos que após o incêndio foram alojados em caráter de emergência na sede da associação de moradores da Vila Esperança, continuam por não terem um lugar próprio para morar, há 6 meses no mesmo local. 

Nossa equipe retornou a associação após estes seis meses e presenciou a luta de ambas para realizarem o sonho da terem novamente uma casa própria.

"Recebemos varias ajudas da população, da prefeitura através do Prefeito e da Secretaria de Assistência Social, de alguns políticos e agradecemos de coração, mais queríamos voltar a viver sobre nosso próprio teto, esse é hoje nosso maior sonho, afinal uma hora vamos ter que sair daqui e o que mais nos doe é saber que não temos pra onde ir" afirmou uma das famílias.
"Estamos lutando todos os dias para realizar este sonho, e através das ajudas que recebemos e continuamos a receber acreditamos que será possível termos de novo um teto" falou o chefe de família.
Fonte: AgrandeBarras

Comentários