Em Piripiri:Auditoria do TCE aponta que UPA não está funcionando


         

O Plenário do Tribunal de Contas do Estado do Piauí determinou que o prefeito de Piripiri, Odival Andrade, elabore um plano de ação com o objetivo de colocar a Unidade de Pronto Atendimento-UPA do município em funcionamento. A auditoria realizada pela Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal identificou que a UPA embora dita inaugurada em 2012, não está funcionando. O relatório da equipe de inspeção apresenta que os equipamentos e mobiliários são em quantidades insuficientes para a abertura da Unidade e que falta infraestrutura de água, esgoto e energia. O relator do processo, conselheiro substituto Jaylson Campelo, informou que o plano de ação deve ser elaborado no prazo de dois meses e que o relatório da auditoria será apensado às prestações de contas do município, referentes aos exercícios de 2012 e 2013. Odival afirma que reunirá a equipe e dará início a elaboração do plano. Segundo ele, a prefeitura tem tomado medidas judiciais para responsabilizar ex-gestores por irregularidades na unidade. “Temos lutado para que a UPA funcione. O ganho para a saúde da população é imenso, já que atende à demanda de 23 municípios. Vamos nos reunir com nossa equipe e estudar a elaboração do plano de ação”, disse o prefeito em nota.

cidadeverde
© 2013-2021 Diário de Caraíbas - Todos os direitos reservados.