Parabéns Teresina pelos 161 anos

Teresina celebra nesta sexta-feira (16) seus 161 anos. A antiga Vila do Poti, moradia de 49 pescadores e comerciantes logo em 1852 se tornaria a mais nova capital do Piauí, pelo então presidente da Província, José Antônio Saraiva. Atualmente a cidade destaca-se nos setores de serviços e comércio, além da educação e é reconhecida como um pólo avançado de saúde e de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, é também a terceira capital mais segura do Brasil.
 
A Cidade Verde, como foi denominada pelo escritor Coelho Neto, em virtude de ter ruas e avenidas bastante arborizadas, acumulou um aglomerado populacional de mais de  810 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Da mesma forma vem crescendo nos campos das indústrias têxtil e de confecções, que geram milhares de empregos, e, nos últimos 15 anos, nas áreas da construção civil e turismo, tanto de negócios quanto de eventos.
Todo este desenvolvimento está ligado à origem de Teresina, que já nasceu moderna e antecipando capitais como Aracaju, Belo Horizonte, Goiânia e Palmas e a própria capital nacional, Brasília, ao ser a primeira cidade planejada do país e a única capital do nordeste fora do litoral. Outro importante fator é a sua localização geográfica, já que a área central da cidade está situada entre o rio Parnaíba e o rio Poti, tal característica lhe confere o título de Mesopotâmia do Nordeste, sem esquecer do clima quente com temperaturas que variam entre os 20°C aos 40°C. 
 

 Edição: Arnaldo Francisco
© 2013-2021 Diário de Caraíbas - Todos os direitos reservados.