Brasil ganha da Costa Rica por 2 a 0 em jogo tenso

Nesta sexta-feira (22), o Brasil enfrentou a Costa Rica em São Petersburgo. Com dois gols marcados nos acréscimos do segundo tempo, de Phillipe Coutinho e Neymar, a Seleção passou os costa-riquenhos com sufoco e sob um jogo cheio de tensão.

Precisando vencer a partida, a Seleção Brasileira começou o jogo apostando na velocidade no momento de infiltrar a defesa costa-riquenha. Porém, demora nos passes e armação desencontrada dificultaram os ataques.

No primeiro tempo, que ficou no 0 a 0, o Brasil demorou para começar os ataques. Com finalizações erradas, a Seleção, que jogou com a camisa azul, não conseguiu aproveitar as oportunidades das faltas sofridas na grande área.

A Costa Rica começou na ofensiva nos primeiros minutos de jogo e o goleiro Alisson precisou salvar alguns lances a gol. Mas, depois da metade do primeiro tempo, os costa-riquenhos passaram a atuar na defensiva.

A única atuação do goleiro Navas no primeiro tempo foi aos 28 minutos, quando um chute forte de Marcelo ameaçou o gol. Na volta do intervalo, o Brasil criou chances boas a gol e melhorou a tática do ataque.

Aos 30 minutos do segundo tempo, Neymar sofreu uma falta na pequena área. O juiz chegou a revisar a possibilidade de pênalti no vídeo, mas não deu a vantagem ao Brasil. Com isso, o camisa 10 brasileiro ficou nervoso e recebeu um cartão amarelo por reclamação.

Mas a redenção veio aos 7 minutos dos acréscimos, com seu primeiro gol na Copa. Ao apito do árbitro, o craque brasileiro desabou no chão chorando e foi abraçado pelos companheiros. A próxima partida é na quarta-feira, às 15h, contra a Sérvia.

Fonte: Pleno.News